segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

VERMELHA


Vermelha



Hoje amanheci mais vermelha do que sempre.
Apesar do rosa estar na moda
Esta manhã, um sentimento encarnado marcou
Meus pulmões e meu ânimo.

Confesso que também tive medo
Cheguei até a desacreditar
Intuição X senso comum

Muito está por vir, eu sei
Alegrias e decepções também
Como não?

Mas, hoje, primeiro de janeiro de 2011
Ouvi de uma irmã de condição dizer
“Sim, a mulher pode!”
Por algum motivo, acreditei

Inspirei esperança
Enchi-me de coragem
Amolei minha foice
Tomei meu martelo
Ergui os punhos...
A luta continua, companheiras!



Adriana Kairos

2 comentários:

Paulo Rogério disse...

Concordo com vocês, e ainda desconheço a dimensão do poder da mulher... Ela gerencia a humanidade desde o berço.
Beijo!

★★ GIZA ★★ disse...

olá
adorei seu blog e estou seguindo
me segue de volta?
www.amorimortall.blogspot.com
beijos

"Às vezes, tenho a impressão de que escrevo por simples curiosidade intensa. É que ao escrever, eu me dou as mais inesperadas surpresas. É na hora de escrever que muitas vezes fico consciente de coisas, das quais, sendo inconscientes, eu antes não sabia que sabia."

Clarice Lispector