quarta-feira, 1 de agosto de 2012

Iara


As palavras são como crianças sapecas,
que se escondem atrás da porta quando você mais precisa delas.
E ficam de lá, te olhando tímidas e desconfiadas,
enquanto seus olhos pronunciam vocábulos molhados.

3 comentários:

Matthew Cordoba disse...

Olá! Muito legal, parabéns pelo trabalho. Se torna bastante interessante a relação que é feita entre as crianças sapecas e as palavras e com certeza as palavras do post não se adequam a ele mesmo, pois foi muito bem formulado. Foram usadas as melhores palavras... :)

ROSIDELMA FRAGA disse...

Olá. Gostei da música. Como se faz para colocar música no blog? Abraço

Matthew Cordoba disse...

Olá! Falei do seu blog no meu blog, o Pictuelle. Classifiquei-o como um dos "Melhores do mundo", e realmente acho. Veja na postagem disponível em http://pictuelle.blogspot.com.br/2012/08/os-melhores-blogs-do-mundo.html

Obrigado, Adriana.
Passar bem,
Mateus.

"Às vezes, tenho a impressão de que escrevo por simples curiosidade intensa. É que ao escrever, eu me dou as mais inesperadas surpresas. É na hora de escrever que muitas vezes fico consciente de coisas, das quais, sendo inconscientes, eu antes não sabia que sabia."

Clarice Lispector